A vida complexa pode ter surgido outras vezes na Terra

Vida complexa na Terra antes da nossa linhagem

Pare um pouco e pense sobre todas as formas de vida na Terra, desde bactérias, fungos, plantas e todos os tipos de animais. De acordo com a teoria da evolução das especies, todos esses seres teriam uma origem comum. As primeiras formas de vida, eram muito, muito simples, e só depois de bilhões de anos conseguiram evoluir para organismos pluricelulares. Foi a partir destes pequenos organismos de vida complexa que originaram todos os animais e plantas da Terra até hoje.

Agora um estudo está levantando uma surpreendente hipótese. É provável que a vida complexa já tenha surgido na Terra em outras ocasiões. Em outras palavras nós  podemos não ser a primeira linhagem de seres de vida complexa da Terra, houve ao menos uma antes de nós. Estranho não, pois é, vamos entender isso melhor no artigo de hoje.

A PESQUISA

Geofísico Roger Buick e equipe

Cientistas alemães e australianos, publicaram no início de 2017, uma pesquisa que pode mudar a maneira como vemos a evolução e conseqüentemente a vida em nosso Planeta.

Segundo o Geofísico Roger Buick,  houve um período de aproximadamente 250.000 de anos onde a vida complexa pode ter evoluído em nosso planeta e depois desaparecido completamente. Isso a 700 milhões anos antes da nossa linhagem de vida complexa começar.

Se isso estiver certo, existiram então outras formas de vida na Terra e certamente, muito diferente de qualquer forma de vida existente hoje.

Mas para entendermos isso melhor, precisamos primeiro, voltar no tempo, e ver como provavelmente a vida complexa surgiu no planeta.

A HISTÓRIA CONHECIDA

A Terra existe a 4,5 bilhões de anos. A teoria mais aceita sugere que a primeira fagulha de vida surgiu quando nosso planeta tinha 800 milhões de anos. A cerca de 3,7 bilhões de anos atrás.

Essas formas de vida eram muito, muito simples e evoluiram muito lentamente. Dando origem a dois domínios de organismos: Bactérias e arqueas.

Foi somente a 1,7 bilhões de anos atrás que finalmente a vida evoluiu para organismos mais complexos, dando origem ao domínio Eukarya. É deste domínio que surgiram as bactérias mais complexas, plantas, fungos, protozoários e animais. Ou seja, é deste domínio que pertencem todos os animais que existem na natureza inclusive eu e você.

Oxigênio na Terra
Níveis de oxigênio na Terra

Mas a grande questão é a seguinte:
Desde que a vida mais simples surgiu, a 3,7 bilhões de anos, porque demorou 2 bilhões de anos para a vida dar o próximo grande salto, dando origem a organismos complexos?

Uma das explicações está no oxigênio!

Simplesmente não havia oxigênio na atmosfera suficiente para preservar uma forma de vida mais complexa.

O oxigênio só surgiu em quantidade abundante a 1,7 bilhões de anos. Justamente quando os primeiros organismos eucariontes apareceram.

Ninguém tem realmente certeza se foi exatamente assim, mas as evidências mostram que provavelmente foi desta forma que a vida evoluiu.

É até aí, o que sabemos, pelo menos até agora.

Junho de 2015, em algumas regiões do Outback australiano, um grupo de cientístas coletaram amostras de algumas rochas. O objetivo era estudar um elemento químico chamado selênio. Ao analisar a oxidação do selênio os pesquisadores puderam determinar a quantidade de oxigênio a cerca de 2,5 bilhões de anos atrás. E eles descobriram uma surpresa: Como dito anteriormente, os níveis de oxigênio subiram na atmosfera a cerca de 1,7 bilhões de anos. Mas o que os cientistas descobriram agora, irá mudar esta história!

Selênio em pedras

As análises demonstraram, que o oxigênio na Terra, foi abundante, a 2,4 bilhões de anos, e durou por 400 milhões de anos, até que os níveis caíram drasticamente.  Para depois retornarem em 1,7 bilhões, e daí seguir a história que conhecemos.

Mas o que isso prova? Se o oxigênio esteve abundante, a 700 milhões de anos antes, é possível que a vida complexa tenha surgido também nesse período.

Porém quando os níveis de oxigênio caíram, impossibilitou que a vida complexa continuasse a evoluir no planeta, matando todos os seres complexos. Isto é, se eles realmente existiram.

PERGUNTAS

Os cientistas não podem afirmar, se houve realmente uma evolução para a vida complexa neste período. Mas o que podemos ter certeza, é que pelo menos o ambiente esteve propício a vida com oxigênio abundante a 2,4 bilhões de anos. Como a maioria das descobertas, esta é daquele tipo que gera mais perguntas do que respostas.

As primeiras dúvidas são: Se houve realmente uma outra linhagem de vida complexa na Terra, então como seriam esses seres? E se eles tivessem evoluído. Será que nossa linhagem estaria aqui hoje? E mais uma vez, se eles estivessem sobrevivido até agora, como seriam esses animais hoje?

Como eram formas de vidas antes de nós?

Uma outra pergunta que está intrigando os cientistas: Se o oxigênio esteve abundante num período anterior, será que isso não ocorreu em outras vezes? E se isso aconteceu, será que também houveram outras linhagens de evolução no planeta?

Se isso for comprovado, o surgimento de organismos complexos talvez não sejam algo tão raro assim como pensávamos até agora.

E uma última pergunta e talvez a mais importante: Porque o nível de oxigênio caiu?