É possível a partir do espaço tirar uma foto da Terra de 2000 atrás?

É possível uma foto de 2000 anos da Terra a partir do espaço?

Hoje vamos falar de um assunto bem interessante! É possível estando no espaço, conseguir tirar uma foto do passado da Terra? Por exemplo, tirar uma foto de como nosso planeta estava a 100 anos atrás, 500 anos atrás, ou quem sabe tirar uma foto na época de Cristo a 2.000 anos atrás. O que você acha? É possível? O mais incrível, é que podemos dizer não, mas também podemos dizer que sim! Mas há algumas questões digamos, relativistas.

Para entender, gostaria que você pensasse um pouco sobre a Lua. Imagine que você estivesse olhando para a Lua agora, nesse momento.

A do Sol refletida na Lua, leva 1 segundo para chegar a Terra

A imagem da Lua que você estará vendo, não é necessariamente o presente da Lua. Você vai estar vendo como a Lua estava a 1 segundo atrás. Isso acontece por causa do tempo que a luz do Sol leva para refletir na superfície Lua e chegar até você.

O Sol por exemplo, está muito mais distante. A luz do Sol leva 8 minutos para chegar na Terra, Então quando você olha para o Sol, está vendo a luz que o Sol tinha a 8 minutos atrás.

Se você olhar para Júpiter através de um telescópio, dependendo da posição entre os dois planetas, você estará vendo em média o Planeta Júpiter de 35 minutos atrás.

E quando você olha para as estrelas? Aí começa a ficar mais interessante!

A Estrela mais próxima de nós, a Próxima Centauri, está a 4.3 anos luz daqui. Então, se você tirar uma foto de Próxima Centauri estará vendo uma luz de 4 anos atrás.

Mas ao olhar para a imensidão do espaço, até onde o olho humano pode ver, estaremos vendo corpos celestes absurdamente distantes. Por exemplo, a galáxia de Andrômeda que em condições ideais de visualização é um dos objetos mais distante que podemos ver a olho nu, está a 2,5 milhões de anos-luz da Terra. Para ter uma ideia, quando a luz das estrelas de Andrômeda que vemos hoje, começaram a viajar pelo espaço, nossos ancestrais ainda estavam aprendendo a usar pedras.

A grande mágica é que se alguma civilização na Galáxia de Andrômeda olha-se de lá para cá, para a nossa galáxia, também estaria vendo a nossa galáxia de 2,5 milhões anos atrás.

Então a própria mecânica da propagação da luz no espaço, faz com que sempre estejamos olhando para o passado.

A FOTO DE LÁ PARA CÁ

Agora repare nesta foto:

Primeiro exoplaneta fotografado

Esta foto é de um dos primeiros exoplanetas já fotografados de forma direta, trata-se de um planeta de uma estrela jovem da constelação de Orion catalogada como CVSO 30, Essa estrela fica a 1.200 anos-luz da Terra. No canal Curioso News há um vídeo onde você pode obter mais detalhes deste exoplaneta.

Essa foto foi obtida em 2016, mas a questão aqui, é que, o que estamos vendo nesta imagem, não é como o exoplaneta estava em 2016, e sim como ele estava a 1200 anos atrás. Claro que do ponto de vista do universo, 1200 anos não quer dizer nada. Mas para uma civilização, 1200 anos é muita coisa.

Então vamos usar a imaginação, vamos supor que neste planeta exista uma forma de vida inteligente. E que do mesmo jeito que nós tiramos uma foto do planeta deles, eles também consigam tirar uma foto da Terra. Então se neste exato momento, eles fizessem uma foto da Terra. A imagem que eles teriam de nosso planeta, seria de quando a humanidade estava a aproximadamente no ano 810. cerca de 680 anos antes do Brasil ter sido descoberto. Incrível não!

Tá! Mas daí você pode dizer: “Nessa imagem só tem um borrão, não dá para ver nada do planeta“.

Será que um dia seremos capazes de obter uma foto nítida de um planeta tão distante?

Nesse caso, na opinião minha, eu acredito que não! Porque não é só a questão do quanto as lentes dos telescópios conseguem registrar. Existem muitos parâmetros que dificultam obter imagens de objetos pequenos como planetas. Há muito ruído, oscilações e até o próprio brilho das estrelas ofuscam a visibilidade de exoplanetas.

O que podemos dizer que temos a nosso favor, é que nas últimas décadas o avanço tecnológico dos telescópios evoluiu muito. Uma foto como essa do exoplaneta, seria impossível a algumas décadas.

James Webb

No ano que vem, entra em operação, o James Webb, o telescópio que irá suceder o Hubble, com uma capacidade muito superior. A ESA, Agência Espacial Europeia, está construindo um telescópio colossal de 39 metros de diâmetro. Então é de se supor que daqui a algumas décadas talvez com muita tecnologia e sorte, talvez conseguimos imagens de exoplanetas, e imagens até melhores que um borrão. E quem sabe também de planetas ainda mais distantes, por exemplo, planetas de  2.000 anos-luz de distância.

A FOTO DA TERRA

Você pode achar tudo isso pura ficção científica, mas olha que interessante esta foto:

Terra a partir de Marte

Esta é uma foto da Terra tirada por um satélite da NASA que está na órbita de Marte!

Agora pare para pensar um pouquinho, quem diria que um dia estaríamos vendo o nosso próprio planeta e a nossa Lua de forma tão nítida a partir de outro planeta.

E quer ver uma foto da Terra de um ponto ainda mais distante?

Pálido ponto azul – Foto distante da Terra

Esta foto foi tirada pela sonda Voyager 1 em 1990.
Quando a Sonda estava 6,4 bilhões de quilômetros daqui, alguns astrônomos entre eles Carl Sagan deram um comando para que a Sonda aponta-se sua câmara de bordo para a Terra e tira-se uma última foto de nosso planetinha.

E eis que essa é a Terra vista de longe no espaço. Um pontinho insignificante no meio cosmos. Nesta ocasião a Voyager estava começando a chegar na periferia de nosso sistema solar.
E por falar em fotografias do passado, pelo menos nesta foto, no momento do click, o nosso planeta estava em relação a Voyager, a pouco mais de 5 horas no passado.