Quanto o Netflix ganha?

Quanto a Netflix ganha?

Já é sabido que Netflix é um dos serviços de entretenimento que mais cresce de mundo. Porém o crescimento que a Netflix teve no Brasil em 2016 foi absurdo.

Séries da Netflix
Séries da Netflix

Enquanto a maioria das empresas brasileiras reclamam da crise e muitos setores da economia amargam retrocesso, a Netflix vem apresentando um crescimento espantoso.

Ela começou o ano de 2016 no Brasil com 3 milhões e duzentos mil clientes.

Em dezembro já contava com 6 milhões de usuários e ainda crescendo.

Ou seja, dobrou de tamanho no território nacional em apenas um ano.

Se comparar a Netflix com a as TVs por assinatura, ela só perderia para a Net que possui 7.2 milhões de clientes.

E se comparado com a TV aberta, o faturamento da Netflix já é maior que o do SBT.

O faturamento do Netflix em 2016 foi de 1,29 bilhão de reais.

Isso mostra que o serviço de streaming de vídeo é definitivamente uma tendência forte para o futuro.

EXPLICAÇÃO

Mas por que a Netflix cresce tanto?

Uma das explicações, é que talvez seja o preço.

O valor da assinatura padrão em 2016 é de R$ 22,90. Antigamente para alugar um filme em uma locadora, você podia pagar um valor que variava entre 3 reais chegando até 10 reais dependendo da região, mas correndo o risco de atrasar a entrega e ter que pagar multa.

E você também tinha que ir até a locadora duas vezes, uma para escolher o filme e outra para devolvê-lo.

Se for ver por este lado, o serviço via streaming é muito mais cômodo, pois você escolhe o filme sem sair de casa. E pode começar a assistí-lo a partir de um clique.

Existe também uma reclamação por parte das TVs por assinatura do qual não inside sobre a NetFlix a mesma carga tributária. Assim o serviço de streaming leva vantagem obtendo um lucro maior. De olho nisso o governo já estuda uma regulamentação para o serviço de vídeo sob demanda. Agora em 2017, a Agência Nacional do Cinema irá realizar uma consulta pública para avaliar o setor.

O crescimento da Netflix no Brasil coloca o nosso pais em terceiro lugar no ranking dos maiores mercados de atuação fora dos Estados Unidos. A boa notícia, é que isso é bom para o Brasil. Já que a Netflix está investindo em produções nacionais e deve intensificar o investimento em conteúdo brasileiro nos próximos anos.

Atualmente está disponível a Série “3%”, a primeira série totalmente nacional da NetFlix e este ano teremos a tão esperada série sobre a operação Lava Jato.

Outra boa notícia é que o sucesso do serviço de vídeo via streaming, está trazendo novos concorrentes ao Mercado.

A HBO já estreou o seu serviço similar em quatro estados brasileiros. A Amazon estreiou o seu serviço de streaming no país em dezembro do ano passado.

Que o serviço de streaming é uma tendência, isso já é certo. Cabe agora as grandes operadoras nacionais e emissoras de TV se adequarem, e claro se adequarem de forma justa para o consumidor.